Cemitério

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cemitério

Mensagem por Construtores em Dom Ago 26, 2012 4:56 pm




    Acreditava-se que não havia um cemitério no território de Hogwarts além do tumulo branco de Albus Dumbledore. A verdade é que tal lugar existia, porém sua localização era incerta e de difícil acesso o que explica os poucos alunos que tinham conhecimento de tal lugar nos anos 90. Para chegar ao cemitério é preciso partir da cabana do Guarda-caças e circundar a orla da floresta negra por uma boa hora de caminhada, vencendo todos os obstáculos que só a floresta negra sabe utilizar para se proteger dos invasores. Só então se verá o antigo cemitério de Hogwarts: um lugar um tanto quanto abandonado e apinhado de túmulos brancos recobertos de ervas-daninha e vegetação selvagem. A única decoração são duas lápides de anjos em posição de lamentação, cobrindo os olhos com as mãos.

    O muro que protegia o local já caiu há vários séculos e é fácil entrar ali, mas se engana quem acredita que os mortos lá enterrados já foram totalmente esquecidos. Depois da guerra dos anos 90 alguns dos cadáveres de ambos os lados nunca foram reclamados por suas famílias e em vista da necessidade de dar a eles um descanso final, foram enterrados naquele velho cemitério, lado a lado, comensais e alunos de Hogwarts que lutaram ao lado do senhor Potter. Contam-se muitas estórias de assombrações ali, como por exemplo, a do comensal sem-cabeça que fuma charuto ou da menina estranha que carrega uma boneca de olhos vermelhos. Houve até um boato de que um aluno desapareceu ali uma vez, mas não há como se comprovar.





: + :
avatar
Construtores
RPG Enervate


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por Vincenzo S Ambrosio em Qui Out 18, 2012 9:39 am



Post referente à RP: “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado




Just a Game…


Estávamos todos com pressa, tanto que Henry se quer esperou por uma resposta. Sozinho eu abri as duas pistas que me levariam à torre do relógio e ao cemitério.

-- Chegou a hora de morrer – era a junção das minhas pistas.

E para onde ia? Torre ou Cemitério?

Não sabia ao certo onde era o cemitério sabia que não era a cova de Dumbledore. A torre era fácil demais, e outros alunos devem ter ido para lá. Pensei. Lembrei que li em algum lugar o caminho que tinha de seguir ou foi o meu pai que havia me dito?!

Olhei para trás. Ninguém. Com a pista do cemitério a encantei mandando para Mono, na arquibancada, qualquer coisa se não aparecesse até o final ao menos alguém saberia onde estava. Corri até a cabana do guarda caças. E sabia que seria um caminho mais longo, até chegar ao cemitério e que a floresta não era a mais anfitriã.

Comecei a correr e não demorei a beijar o chão e comer terra, sinto o gosto até hoje. Olhei para ver o que tinha me derrubado, não vi nada além de um arbusto se mexendo, não ia conferir, bati a terra da roupa e continuei.

Os sons que vinham da floresta era assustador, fora que eu olhava para trás a cada instante com a sensação de estar sendo seguido. Se eu fosse como lobo seria bem mais rápido e julgo a dizer mais seguro.

Com o suor pingando parei na entrada do que vi um dia que era o cemitério. Apesar de estar com calor devido a corrida, senti o frio percorrer o meu corpo.

“Saia”
“ Alunos não são bem vindos”
“venha jovem”

Escutava vozes e não via os fantasmas, pensei em deixar quieto e voltar, ir para a torre do relógio, mas já estava ali. Olhei para os túmulos, chutei uma aranha que queria subir no meu pé, no tumulo que ela foi parar me deixou curioso. Ao meu aproximar dali, um dos anjos me chamou a atenção, talvez por ele estar no tumulo no meio.

Eu não vou lá.

Olhava para o chão traçando uma rota, queria andar, mas meus pés não estavam a fim de se mexer. Olhei novamente para o anjo que estava perto. E comecei a tentar procurar alguma coisa que não sabia o que era. Olhei atento para ele, andando devagar ao seu redor.

Spoiler:

Vince acorda Henri. E depois de ler suas duas dicas, decide ir ao cemitério, mas deixando sua dica com Mono, através de um feitiço bobo. No cemitério escuta vozes, mas não vê nada, apenas uma aranha que chuta para um tumulo que lhe chama atenção e vai tentar ver se encontra alguma coisa.

Dados para perceber alguma coisa...

avatar
Vincenzo S Ambrosio
Aluno

Série 5º Ano

Estados Unidos
Mestiço

Cor : #6B8E23

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/vinicius.dias.7509836

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por RPG Enervate em Qui Out 18, 2012 9:39 am

O membro 'Vincenzo S Ambrosio' realizou a seguinte ação: Rolar Dados

'd20' :

Resultado : 20
avatar
RPG Enervate
Mestre do Jogo

Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por L'Druide em Dom Out 21, 2012 1:20 pm

Cálculos:

Vincenzo S. Ambrosio
Perceber algo
ACERTO AUTOMÁTICO!
Vincenzo percebeu a pista





AÇÃO EM ON

.......................................................................................



Vincenzo após uma boa meia-hora de caminhada, conseguiu finalmente chegar ao ermo cemitério cuja presença lendária nos terrenos do Castelo fora confirmada apenas anos depois do fim da guerra. Ao adentrar o terreno, o lufano foi logo ficando de prontidão, a fim de ver e reconhecer o lugar. Talvez quem sabe algum inimigo estivesse logo à espreita.

Não pode deixar, porém, de notar os belos anjos brancos esculpidos em pedra já tão desgastados pelo tempo, cobrindo a face. Um deles, de repente, abaixou as mãos que cobriam os seus olhos e o outro quase que instantaneamente, imitou-lhe. Presa, em uma das mãos do anjo da esquerda, estava a pista que o lufano desejava. Foi quando suas bocas entalhadas ganharam vida e começaram a falar.

- És tu, nobre cavaleiro da casa de Helga que veio nos libertar para todo o sempre? – dizia o anjo da esquerda – Aqui jazem mortos e feridos, túmulos esquecidos, agouros do passado. Aqui somos os guardiões do tempo e das almas, mas carecemos ajuda para salvar tal legado.

- Liberte-nos, pois fomos aprisionados pelos vis e traiçoeiros. Atenda pois o nosso apelo e acabe por fim com esse feitiço para que voltemos a nossa missão de guardar pela além vida daqueles que se foram e daqueles que se vão! – completara o da direita.

E agora?:


Vincenzo foi abordado pelos anjos da entrada do cemitério que disseram estar enfeitiçados e precisando de ajuda. Percebeu a pista na mão do anjo da esquerda, mas se convocá-la com qualquer feitiço, será inútil. Um anjo fala a verdade o outro fala mentira, apesar de ambos parecer que estão falando praticamente a mesma coisa, não estão. Preste atenção.

Como vai funcionar: Para postar em um tópico fixo, vocês devem postar com o seguinte cabeçalho:

“Post referente à RP “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado

E após postarem, devem postar avisando que o fizeram nesse link:

http://enervate.forumeiros.com/t414-quest-o-dia-de-robin-hood

Para não correr o risco de alguém postar e ficar sem ser visto ou respondido. Dúvidas, MP na Roxanna, em caso de impossibilidade de postar, favor me avisar ou pedir pra alguém avisar. Prazo: 27/10/2012 às 23:59. Vocês podem tentar interagir com ele da forma que quiserem. Caso desejem sair, terão uma CD de 27 porque ele não vai deixá-los partir tão fácil sem uma barganha.
avatar
L'Druide
Professor

Irlanda
Cor : #

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por Vincenzo S Ambrosio em Seg Out 22, 2012 1:55 pm




Post referente à RP: “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado




Just a Game…



Quando aquele anjo baixou a mão, pensei duas vezes para não sair correndo dali, pior foi quando o outro também fez o mesmo, me abaixei e sai daquele meio, ainda vendo os dois. Notei que na mão esquerda de um deles estava a dica que eu precisava para continuar.

Problema.

As estatuas de anjos, falavam e não apenas falavam, mas pareciam querer que eu fizesse alguma coisa para elas. Libertá-las. Há! Difícil. Poderia sei lá negociar alguma coisa, mas não sou bom em negócios, não consigo trocar feijões de todos os sabores com os amigos, vou conseguir negociar com aquelas estatuas cheia de amargura?

Com certeza, não! Por isso tinha que ser politicamente correto, já que a pista estava logo ali. Usando um pouco de diplomacia tentei convencer as estatuas.

- Cavalheiro? EU? To mais para cachorro vira latas...- o que era aquilo? Um monte de marionetes que não deixaria eu sair dali, quer ver- Vocês precisam da minha ajuda para salvar tal legado e, por isso foram aprisionados? Assim de graça? Que legado é esse? – bombardeava de perguntas - Na verdade eu vim aqui para pegar essa coisa que tá na sua mão – apontei, era estranho, ainda mais por serem estátuas – Sr Guardião!

Spoiler:
resumo: Vince, se assusta com a movimentação das estátuas e logo vê que uma das tagarelas está com a dica que precisa. Agora tentaria usar a diplomacia para tentar perceber se alguém estava mentindo nessa história.
avatar
Vincenzo S Ambrosio
Aluno

Série 5º Ano

Estados Unidos
Mestiço

Cor : #6B8E23

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/vinicius.dias.7509836

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por RPG Enervate em Seg Out 22, 2012 1:55 pm

O membro 'Vincenzo S Ambrosio' realizou a seguinte ação: Rolar Dados

'd20' :

Resultado : 9, 3
avatar
RPG Enervate
Mestre do Jogo

Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por L'Druide em Qua Out 24, 2012 8:13 pm

Cálculos:

Vincenzo S. Ambrosio
Teste de diplomacia para convencer as estátuas – CD 20
9 (dado) + 1 (carisma) + 5 (diplomacia) + 3 (1/2 do nível) = 18
Vincenzo não convenceu a estátua da esquerda.

3(dado) + 1 (carisma) + 5 (diplomacia) + 3 (1/2 do nível) = 12
Vincenzo não convenceu a estátua da direita.





AÇÃO EM ON

.......................................................................................



O lufano até tentou ser diplomático e convencer as estátuas de que ele não era um cavaleiro reluzente em armadura de prata. Todavia, não foi capaz de convencê-las. Ambas acreditavam que Vincenzo seria capaz de ajudá-las. Assim, a estátua da direita foi logo emendando após ouvir o breve discurso do rapaz.

- Ora! Mas já dissemos! A nós foi confiada pelas mãos nobres e justas de Godric a tarefa de guardar o cemitério. E assim temos feito por séculos. No entanto, com o advento da grande batalha, Comensais nos aprisionaram e não podemos mais vagar pelos túmulos ajudando as almas perdidas a se encontrarem.

- Estamos presos nesse gazebo. – completou a estátua da esquerda – Não temos magia alguma para nos livrar. E nosso tempo aqui é esquecido pouca gente vem nos visitar. Precisamos de ajuda. Basta um finite e nos libertará!

E agora?:


Vincenzo foi abordado pelos anjos da entrada do cemitério que disseram estar enfeitiçados e precisando de ajuda. Percebeu a pista na mão do anjo da esquerda, mas se convocá-la com qualquer feitiço, será inútil. Um anjo fala a verdade o outro fala mentira, apesar de ambos parecer que estão falando praticamente a mesma coisa, não estão. Preste atenção.

Caso queira atender ao apelo dos anjos e fazer o feitiço de libertação não precisa de dados. Caso deseje descobrir qual está mentindo e qual está dizendo a verdade, deverá fazer um teste de dados que vai determinar sua intuição com relação a ambos. Ou pode tentar outra coisa que quiser xDD

Como vai funcionar: Para postar em um tópico fixo, vocês devem postar com o seguinte cabeçalho:

“Post referente à RP “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado

E após postarem, devem postar avisando que o fizeram nesse link:

http://enervate.forumeiros.com/t414-quest-o-dia-de-robin-hood

Para não correr o risco de alguém postar e ficar sem ser visto ou respondido. Dúvidas, MP na Roxanna, em caso de impossibilidade de postar, favor me avisar ou pedir pra alguém avisar. Prazo: 29/10/2012 às 23:59.

avatar
L'Druide
Professor

Irlanda
Cor : #

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por Vincenzo S Ambrosio em Sex Out 26, 2012 4:56 pm



Post referente à RP: “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado




Just a Game…



As estátuas ainda insistiam que eu era um cavalheiro, nem nesse mundo nem em outra dimensão, não tenho o cavalo ou o hipogrigo alado, muito menos carrego comigo uma excalibur.

Soava estranho o que os anjos falavam, mas eu queria era aquela dica, mas estava difícil de conseguir. Será que um acordo eu conseguiria aquela dica? Ou.. poderia instaurar o caos? eles eram de pedra não eram? Pensei, mas não seria nada legal destruir o patrimônio da escola, com mais outros anjos por perto. Mas se aquelas estátuas tentassem alguma gracinha eu ia atacar, pode ter certeza disso.

Uhm, não sei não era melhor eu pensar um pouco mais do que agir sem pensar. Sou até que impulsivo, mas não sou bobo. Já pensou o que vai sair dessas estátuas, eu não queria pagar para ver. Se bem que, elas parecem ser boa gente. Mas vai que não são?!

E se elas estão mentindo? Olhava para as duas e pensava no que cada uma tinha dito, tentava de alguma maneira usar o sexto sentido para saber alguma coisa. Uma coisa era certa ele estava paradão perto das estatuas e com cara de bobo!


Spoiler:

Resumo: Vince pensa no que as estátuas disseram e tenta usar da intuição para saber qual esta mentindo qual não.
avatar
Vincenzo S Ambrosio
Aluno

Série 5º Ano

Estados Unidos
Mestiço

Cor : #6B8E23

Ver perfil do usuário http://www.facebook.com/#!/vinicius.dias.7509836

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por RPG Enervate em Sex Out 26, 2012 4:56 pm

O membro 'Vincenzo S Ambrosio' realizou a seguinte ação: Rolar Dados

'd20' :

Resultado : 20
avatar
RPG Enervate
Mestre do Jogo

Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por L'Druide em Dom Out 28, 2012 10:07 pm

Cálculos:


Vincenzo S. Ambrosio
Descobrir qual estátua fala mentira e qual fala verdade
ACERTO AUTOMÁTICO
Vincenzo conseguiu descobrir qual das estátuas fala mentiras






AÇÃO EM ON

.......................................................................................


Após ouvir o que as estátuas tinham a dizer, o teimoso lufano ainda assim não estava bem certo daquilo que elas diziam. Eram anjos, era verdade, mas nem por isso quer dizer que eram santas.

Depois de algum tempo, o menino Ambrosio percebeu de imediato que a estátua da direita não falava a verdade. As estátuas não tinham sido aprisionadas por Comensais e muito menos trazidas até ali por Godric Gryffindor. E nem tinham como missão guardar o cemitério.

Ao se ver confrontada, a estátua da direita se irritou e seus olhos de anjo se estreitaram em ira como se fosse um demônio preso ali dentro.

- COVARDE! LIBERTE-NOS! AGORA! JÁ! – ela berrava, enquanto a pista se soltava das mãos da gêmea, sem que eles nada pudessem fazer. Estavam presos de verdade e pela estátua ter sido pega na mentira, assim permaneceria.

E agora?:


Vincenzo descobriu que a estátua da direita mente e assim, derrotou os propósitos vis e traiçoeiros dos guardiões. A nova pista se soltou das mãos da estátua da esquerda. Ei-la:
“Minha terra tem salgueiros que batem sem parar, não importa de onde vieram é aqui que os plantará”.

Como vai funcionar: Para postar em um tópico fixo, vocês devem postar com o seguinte cabeçalho:

“Post referente à RP “Caça ao Tesouro”
Status: Fechado

E após postarem, devem postar avisando que o fizeram nesse link:

http://enervate.forumeiros.com/t414-quest-o-dia-de-robin-hood

Para não correr o risco de alguém postar e ficar sem ser visto ou respondido. Dúvidas, MP na Roxanna, em caso de impossibilidade de postar, favor me avisar ou pedir pra alguém avisar. Prazo: 05/11/2012 às 23:59.
avatar
L'Druide
Professor

Irlanda
Cor : #

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cemitério

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum